É certo dizer que a maconha é utilizada em alguns medicamentos e pode ser eficaz para o tratamento de certas enfermidades. Ela é utilizada legalmente em vários institutos para tratamentos homeopáticos. Mas neste artigo iremos falar do tratamento contra o vício da maconha, que no Brasil é considera uma droga ilegal para uso recreativo. Vamos abortar alguns aspectos referentes ao uso excessivo e alguns danos que podem causar, se utilizado incorretamente.

O maior problema do uso da maconha, é que ela acaba sendo uma porta de entrada para outras drogas e dependências químicas.

Onde surgiu a maconha?

Onde surgiu a maconha

A Maconha, ou Cannabis Sativa é uma das drogas mais polêmicas do mundo, seu primeiro registro foi datado em 27.000 a.C. A planta originou-se no Afeganistão e também muito utilizada nos rituais religiosos ou como tratamento de enfermidades, como remédio.

Na mitologia indiana, a Cannabis era a comida preferida do deus Shiva, portanto, tomar bhang, sendo uma bebida a base de maconha, seria uma forma de aproximar-se da divindade.

Como medicamento a maconha era usada para curar prisão de ventre, cólicas menstruais, malária, reumatismos e dores de ouvido.

Outros povos, como os romanos e gregos, eles utilizavam da cannabis para a fabricação de tecidos, papéis, cordas, palitos e óleo. O seu cultivo cresceu muito na Índia e na Mesopotâmia, seguido do oriente médio, Ásia, Europa e África.

Na era da renascença a Cannabis tornou-se um dos principais produtos agrícolas europeus.

Com a “Santa Inquisição”, os católicos passaram a condenar o uso do tratamento da cannabis, feito por “bruxas”, sendo queimadas por usarem a maconha no uso de medicamentos.

Por que a maconha tornou-se tão repudiada?

Até o século XX, a cannabis ainda era uma droga lícita e positiva economicamente, mas tornou-se pouco aceita por representar as classes mais baixas da sociedade, sendo representada por ser uma erva das raízes culturais africanas.

O primeiro documento no Brasil que proibiu o uso da maconha foi na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em 1830. Essa lei penalizada o uso da erva. Porém, no inicio do XX, com a industrialização, muitas pessoas como ex escravos, mestiços, índios, imigrantes rurais, passaram a utilizar a maconha de forma recreativa.

Mesmo sendo uma matéria-prima para fibra têxtil, a imagem da maconha ficou marcada e associada pelos pobres, negros e indígenas.

Quais são os efeitos da utilização da maconha?

A maconha tem efeito alucinógeno, pois possui uma substância chamada tetrahidrocanabinol (THC), que varia de quantidade, dependendo da forma como a maconha é produzida ou fumada. Os efeitos, logo após fumar o cigarro de maconha, são (podem ser diferentes dependendo da quantidade de THC):

  • euforia, sonolência, sentimento de felicidade;

  • risos espontâneos, sem motivo algum;

  • perda de noção do tempo, espaço, etc;

  • perda de coordenação motora, equilíbrio, fala, etc;

  • aceleramento do coração (taquicardia);

  • perda temporária de inteligência;

  • fome, olhos vermelhos, e outras características;

Seus tempo de efeitos podem variar, dependendo do modo como ela é utilizada. Se for fumada, o THC vai imediatamente para o cérebro, tendo efeito em média de 5 horas, no entanto, se for ingerido o efeito pode demorar cerca de 1 hora, mas durando aproximadamente 12 horas.

Danos à saúde causadas pelo uso da maconha

A maconha também traz consigo muitos efeitos subjetivos e negativos a saúde, por isso o grupo Ache Aqui Clínicas, possui diversas unidades que realizam o tratamento contra o vicio da maconha.

Alguns dos efeitos investigados como possivelmente associados ao uso de cannabis são:

  • Psicoses (como esquizofrenia) em individuos vulneráveis;

  • Surto psicótico;

  • Problemas de memória;

  • Problemas de aprendizado;

  • Xerostomia, Sonolência e problemas na coordenação motora (Durante e por algumas horas após o uso);

  • Ansiedade, depressão maior, transtornos do humor;

  • Síndrome amotivacional (problemas de atenção e motivação) e queda em 50-60% dos níveis de testosterona;

  • Câncer de pulmão;

  • Câncer de laringe;

  • Câncer de testículo;

  • Disfunção sexual (quatro vezes mais chance de ejaculação precoce ou anorgasmia);

Alguns dos problemas estão especificamente associados com a ingestão de fumaça, podendo também estar associados ao tabaco utilizado junto com a maconha em baseados:

  • Bronquite e tosse seca prolongada;

  • Náusea e vômito;

  • Taquicardia e Ataque cardíaco;

  • Acidente vascular cerebral;

  • Carcinoma espinocelular bucal (versão agressiva do câncer de boca, comum em fumantes);

Como é o tratamento contra o vício da Maconha?

Como é o tratamento contra o vício da Maconha

O tratamento contra o vício da maconha é feita de forma gradual, isso é, a necessidade que o dependente precisa se libertar do vício, passando pela sua decisão interna que realmente precisa parar de usar a maconha.

As clínicas do Grupo Ache Aqui Clínicas possui equipes especializadas, como médicos, terapeutas, psicólogos e psiquiatras que montam um cronograma e um programa para a desintoxicação e tratamento contra o vício.

Para alcançar os resultados esperados, para que o tratamento ocorra de maneira plena é necessário que se utilize de medidas de internação. Em alguns casos até possível realizar um tratamento sem internação, mas se for recomendando por um médico especialista. As internações podem ser feitas de modo voluntário ou involuntário.

O tempo de internação dependente muito do estado do paciente e a velocidade de sua recuperação. Nossas clínicas tem como objetivo propor um espaço que o dependente posso ter um tratamento contra o vício da maconha adequado, ajudando com a decisão firme e consciente de abandonar o uso da maconha.

As Clínicas cadastradas no portal Ache Aqui Clínicas estão localizadas em locais apropriados, próximos a natureza, de acordo com aquilo que ele realmente espera, sendo um local acolhedor e que auxilia no tratamento de suas enfermidades físicas e espirituais.

Se você possui um parente, amigo que esteja sofrendo com o vício na maconha ou outra substância química, não deixe de entrar em contato com nossa equipe. Estamos prontos para lhe encaminhar para uma clínica mais próxima a você.

Nossas unidades estão espalhadas em todo o Brasil e atendimento e resgate 24 horas. Fale Conosco!

Deixe seu comentário