Quando se pensa em realizar o tratamento para a dependência química, ainda mais em outro estado que não seja o de São Paulo, não se deve descartar os tratamentos em clínicas de recuperação em Goiás (Anápolis e Goiânia). Justamente pelo fato do tratamento da doença do comportamento adictivo aliado ao consumo de substâncias psicoativas ser um tratamento difícil, e que não surte efeitos imediatos, deve-se buscar orientação em Centros de Atenção Psicossociais (CAPS) e em clínicas que realizam o tratamento da doença da adicção.

Por falta de conhecimento, e pela rápida evolução da doença, as famílias ficam de mãos atadas no quesito tratamento da dependência química. Em alguns casos a doença evolui de forma tão rápida que quando se dá conta o dependente já está praticando de pequenos furtos para sustentar o vício e em casos mais agudos da doença chega a morar nas ruas. Além do mais, dependendo da potência da substância e da quantidade de vezes em que o dependente recorre a mesma, pode chegar a ser letal. Acarretando em overdoses que, em casos de sobrevivência, deixam sequelas inimagináveis e permanentes no sistema nervoso do usuário.

Em casos em que a doença evolui vagarosamente são a maioria dos casos. Ninguém acorda em um dia e escolhe: “Vou ser um viciado, um alcoólatra, um drogado” de uma hora para outra. Infelizmente a dependência química é uma doença sorrateira e que vagarosamente vai se instalando. Desta forma a pessoa que é afetada pela doença esquece que está entrando em um buraco negro com uma atmosfera obscura, dolorosa e potencialmente letal. Entretanto, ao se tornar dependente químico o desespero e as falta de perspectiva atingem o indivíduo. O vício na substância e a depressão seguida de um comportamento adictivo que faça com que o indivíduo tenha uma compulsão e obsessão pela mesma é algo que o usuário não consegue evitar.

Todavia esse artigo tem como intuito informar (tanto dependentes quanto familiares) em como proceder na ajuda para com o tratamento da dependência química e como realizar o procedimento de internação em clínicas de recuperação em Goiás (Anápolis e Goiânia). Postulado isso, a equipe do AcheAqui Clínicas irá te auxiliar neste procedimento de maneira simples e com menos burocracia possível.

Dependente químico, você é um?

Como citado no início desse artigo, sabe-se que a dependência química é uma doença mental que atinge milhares de pessoas, e ocorre justamente quando o indivíduo tem um apego compulsivo e obsessivo (comportamento adictivo) em uma substância específica. Sendo assim toda vez que o indivíduo não sabe lidar com uma situação, seja por estresse / fragilidade emocional ou por extrema felicidade (comemoração à algo), recorre-se na substância de escolha. Além do mais, a doença começa a se instalar vagarosamente na maioria dos casos e, quando se dá conta, já não se consegue ficar sem a substância.

Segundo o DENARC (Departamento de Narcóticos) o dependente químico é a pessoa que busca na substância um alívio imediato em prol à algo. Mesmo que essa substância traga prejuízos significativos, o indivíduo que sofre da dependência química não consegue parar de usar a mesma. Sendo assim, a reincidência na substância acontece de forma significativa e progressiva. Além do mais a necessidade de buscá-la altera a vida do dependente, e consequentemente, as pessoas que estão dentro do seu círculo de convivência.

Além do mais, o DENARC, em sua página lista alguns dos comportamentos que os dependentes químicos possuem, veja a lista na íntegra à seguir:

  • Onipotência: o indivíduo acredita estar sempre no controle;

  • Megalomania: tendência exagerada a crer na possibilidade de realizar um intento visualizando sempre o resultado;

  • Manipulação: mentalidade de que tudo se faz pela realização de seus desejos, principalmente pela obtenção e uso de substâncias psicoativas;

  • Obsessão: atitudes insanas pelo desejo de consumir drogas;

  • Compulsão: atitudes desconexas, incoerentes com a realidade provocadas pelo desejo intenso e necessidade de continuar a consumir a substância;

  • Ansiedade: necessidade constante da realização dos desejos;

  • Apatia: Falta de empenho para a realização de objetivos e metas;

  • Autossuficiência: mecanismo de defesa usado para afastar da consciência os sentimentos de inadequação social gerando uma falsa sensação de domínio;

  • Autopiedade: um tipo específico de manipulação que o dependente usa para conseguir realizar algum propósito;

  • Comportamentos antissociais: repertório comportamental gerado pela instabilidade emocional que o indivíduo desenvolve sem estabelecer vínculos tendo sua imagem marginalizada pelo meio social;

  • Paranóia: desconfiança e suspeita exagerada de pessoas ou objetos, de maneira que qualquer manifestação comportamental de outras pessoas é tida como intencional ou malévola.
    (Fonte: DENARC (Departamento de Narcóticos) – Dependência Química <http://www.denarc.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=39>

Assim sendo, com todas as informações anteriormente declaradas acima, como você se considera? Um dependente químico? Um familiar de um dependente químico? Se a sua resposta foi sim, parabéns! O primeiro passo é a admissão de que se tem um problema para posteriormente procurar a ajuda necessária, desta forma, nós podemos te ajudar. É justamente para isso que a equipe AcheAqui Clínicas está disponível, para auxiliar você na internação e nos trâmites pertinentes à mesma. Procurar em nosso buscador por clínicas de recuperação em Goiás (Anápolis, Goiânia) nunca foi tão fácil como agora.

O AcheAqui Amigo

Conforme citado acima nossa equipe AcheAqui Clínicas conhece a muito tempo não só como funcionam os trâmites da internação, mas o tratamento da dependência química. Nossa página nasceu como um braço da equipe das Clínicas Restituindo Sonhos, onde ajudar pessoas de todo Brasil independente de estado, cidade ou local, é a nossa prioridade. E como as Clínicas Restituindo Sonhos estão há mais de 10 anos no mercado, utilizar da sua vasta experiência no tratamento das doenças do comportamento adictivo como alcoolismo e droga adicção é prevalência total em nosso ramo.

Sendo assim e observando a intensidade de pesquisas sobre o tratamento da dependência química em buscadores conceituados, descobrimos que existe uma grande quantidade de pessoas no estado de Goiás que recorrem à essas ferramentas como apoio. Posto isso, clínicas de recuperação em Goiás (Anápolis, Goiânia) , estão disponíveis 24hrs, sete dias por semana independente do tipo de internação (voluntária ou involuntária)

Anápolis

A cidade de Anápolis está localizada no estado de Goiás e localiza-se na região Centro-Oeste do país. Além do mais é uma cidade que possui uma quantidade de aproximadamente 390 mil habitantes em uma área de 933 quilômetros quadrados e com um PIB de aproximadamente R$14.204 bilhão.(Fonte Wikipedia e Prefeitura de Anápolis)

A Região de Anápolis é uma parte do estado de Goiás desenvolvida e conta com várias faculdades e com um conjunto de universidades. Desta maneira, a cidade de anápolis acaba por se destacar no quesito desenvolvimento local do estado de Goiás. Além do mais o site VivaAnápolis disponibilizou em uma matéria informativa que a cidade conta com um parque fabril sólido, especialmente na indústria de transformação e automobilística. O que contribui para que a cidade seja um atrativo local de desenvolvimento. Desta forma, não é à toa que a cidade de Anápolis apresenta uma variada quantidade de clínicas de recuperação para dependentes do álcool e drogas. Conseguimos contato e parceria com essas instituições para realizar o tratamento de dependência química em geral. Sendo assim, pode-se encontrar em nosso buscador as instituições, basta clicar aqui.

Também, pode-se encontrar clínicas de recuperação feminina na cidade já que estas instituições são difíceis de encontrar fora do estado de São Paulo. O que fomenta mais ainda que a cidade de Anápolis está preparada para receber e tratar pessoas com comportamento adictivo aliado ao consumo de drogas.

Goiânia

A cidade de Goiânia é uma cidade modelo e capital do estado de Goiás. Com uma área de 728.841 quilômetros quadrados e uma população aproximada de 1,5 milhão de habitantes. Além do mais a cidade de Goiânia está entre as cidades mais desenvolvidas no país, com índice representativo no IDH local. Como curiosidade a cidade apresenta a maior área verde por habitante ( em torno de 94 metros quadrados). Perdendo apenas para Edmonton no Canadá. (Fonte: WikipediaPrefeitura de Goiânia)

Além do mais a cidade de Goiânia além de ser uma cidade sustentável e verde, é considerada polo de desenvolvimento do estado de Goiás e está dentro da macrorregião de desenvolvimento (Goiânia – Anápolis – Brasília). Posto isso não é à toa que se encontrem diversas universidades e faculdades na capital. Concomitantemente à isso, existe um número considerável de empresas na região de Goiânia, partindo desde indústrias de base como de transformação e tecnologia local.

Sendo assim clínicas de recuperação em Goiás (Anápolis, Goiânia) estão disponíveis dentro desta via de conexão Goiânia e Anápolis. Isso demonstra a prioridade dos agentes de saúde local na batalha contra a doença do comportamento adictivo aliado ao consumo de álcool e drogas. E desta forma, nós do AcheAqui Clínicas, aproveitamos dessas medidas de saúde, para salientar que estamos juntos para ajudar você à encontrar a melhor instituição para o tratamento de seu ente querido ou amigo. Lembre-se que independentemente da sua localização, nosso site está disponível para te ajudar a enfrentar essa batalha contra a dependência química.

Fotos de nossas Unidades:

Deixe seu comentário