Sabemos que a dependência química não escolhe idade, sexo e nem posição social. Sendo uma doença crônica, ou seja, não tem cura, conforme OMS (Organização Mundial da Saúde), ela pode ser tratada e controlada. Todos temos o direito de receber um tratamento adequado, mesmo se não possui condições financeiras, neste artigo iremos lhe orientar a como encontrar uma clínica de recuperação gratuita.

O site Ache Aqui Clínicas trabalha apenas com clínicas particulares, mas sabendo dos diversos fatores sociais que o Brasil passa, questões de crises sociais, problemas de corrupção, crises financeiras que nossa população enfrenta e no momento crucial, precisando internar um familiar, a falta de dinheiro pode ser um agravante. Então orientamos a buscar ajudar em instituições como clínicas Evangélicas e órgãos especializados, que fornecem tratamentos adequados para pessoas carentes.

A dependência química é uma realidade que muitos ignoram, sejam governantes, sociedade e até os próprios familiares. Muitos fingem não ver, mas é justamente no momento que a pessoa começa a dar sinais de uso de substâncias químicas, todos precisam abrir os olhos e iniciar procedimentos adequados para o tirar do vício.

Não é muito difícil encontrar famílias carentes que possuem histórias de parentes que fazem uso de drogas por anos e que estão abandonadas à própria sorte. Estes problemas acabam sendo frequentes, visto que os familiares ficam desanimados com o dependente e a falta de informação de buscar por uma clínica de recuperação gratuita.

Mas a internação gratuita é garantida por lei e pode trazer um grande alívio para famílias carentes que precisam internar seus entes queridos que sofrem com a doença da dependência química.

Como fazer para internar um dependente numa clínica de recuperação gratuita?

Solicitar uma internação para um dependente química pode ser uma tarefa não muito fácil, após você pesquisar por clínicas de recuperação gratuita e solicitar a internação ainda possa encontrar dificuldades para convencer o dependente a se internar. A família precisa encontrar métodos adequados de abordagem, entender sobre o assunto e mostrar ao seu ente querido as vantagens de ter uma vida saudável e feliz.

Primeiramente a família precisa saber quais os motivos levaram a pessoa ao dependência química. Existem fatores que podem ser genéticos, problemas sentimentais, de relacionamento, financeiros e até profissionais. Ter uma conversa aberta, sem preconceitos, entender suas dificuldades e demonstrar total empatia, podem ser métodos que o ajude a convencer a buscar o tratamento.

Sabemos que não é fácil para a família enfrentar esta situação, muitos ainda não conseguem aceitar que seu filho ou filha seja usuário de drogas. Alguns “tampam o sol com a peneira” e deixam relevar diversas situações do seu dia a dia. Situações assim acabam sendo muito mais complicadas e pode agravar a situação mental e de saúde do dependente químico. Algumas vezes o fim pode ser mais trágico do que imaginamos.

É muito importante a família estar atenta aos sinais quando a dependência química ocorre dentro de casa, podemos notar mudança de comportamento no ente querido, eletrodomésticos e peças de casa que desaparecem sem nenhuma explicação, más companhias, perda de emprego e problemas nos estudos. Nestes casos procurar ajuda a instituições e clínicas de recuperação é a melhor alternativa.

Como solicitar a internação?

O governo já entende que o país enfrenta essa crise com a dependência química e existem Leis que oferecem internação involuntária para o paciente. De acordo com a Lei 10216/01 a família pode solicitar a internação involuntária desde que o pedido seja escrito e aceito por um médico especialista.

Sabemos que a melhor maneira de internação é a voluntária, ou seja, aquela que o próprio dependente solicita a sua internação, com o seu consentimento. Ela são mais eficazes, porque neste método o paciente sabe que precisa de ajuda e procura fazer tudo para sair da dependência química. Como dito anteriormente, convencer o seu ente querido a procurar e aceitar o tratamento, por meio de diálogo, sem agressividade, é a melhor maneira convencer a se internar.

Você pode solicitar a internação a qualquer momento, pois há clínicas que possuem resgates 24 horas. Algumas clínicas de recuperação gratuita possuem programas de vagas sociais em instituições perto de sua casa. Existem ainda clínicas ou instituições filantrópicas que aceitam pacientes químicos e têm seus próprios meios de investimento.

Assim como as internações involuntárias, as voluntárias também precisam de um laudo médico que comprovem a situação do dependente químico e a sua incapacidade de conviver em sociedade devido ao uso excessivo de substâncias químicas.

Quem pode ajudar na busca por clinicas de recuperação química gratuita?

Se você não tem meios e não sabe como pesquisar por clínica de reabilitação química, você pode contatar com a ajuda de instituições socioassistenciais para lhe orientar. Algumas delas são o CAPS, CREAS. CRAS e UBS, são órgãos que ajudam na internação gratuita, fornecendo os caminhos que você deve seguir para encontrar uma clínica de recuperação química gratuita.

Você também pode pedir orientação diretamente para o Ministério Público de sua cidade, eles poderão lhe orientar como realizar o pedido de internação do seu ente querido numa clínica de recuperação química gratuita.

Vale ressaltar que os pedidos de internação só podem ser realizados por pessoas que sejam da família e que tenham laços sanguíneos ou responsáveis judiciais, como pai, mãe, irmão, avós…

A internação gratuita é uma realidade e você tem o direito de solicitar conforme a sua necessidade, para que possa contar com ela para tentar trazer recuperação e e uma vida digna para o seu familiar.

Como funciona uma clínica de recuperação química gratuita?

As clínicas de recuperação química gratuita funcionam da mesma maneira que algumas particulares no âmbito de tratamento de desintoxicação do dependente. As clínicas possuem médicos especializados, terapeutas, psicólogos, psiquiatras e equipe multidisciplinar. Cada clínica tem seus método de trabalho e cronograma, é importante encontrar referências e conhecer pessoas que já se trataram na clínica que você escolher.

Nós do Ache Aqui Clínicas trabalhamos com diversas unidades em todo o Brasil. Ajudamos famílias a encontrar clínicas, na maior parte particulares ou que possuam vagas de internação semi sociais. Objetivo deste artigo é apenas informativo para lhe ajudar a encontrar uma clínica de recuperação gratuita.

Deixe seu comentário