Quando se tem a intenção de realizar o tratamento de pessoas que são dependentes químicas, para um melhor tratamento nada mais vantajoso que saber quais as melhores clínicas de reabilitação de drogas em SP. Posto isso, há uma tranquilidade maior para famílias de pessoas que têm o interesse de resgatar seus filhos ou parentes do mundo das drogas.

Sendo assim, não só a capital do estado, mas como o estado de São Paulo, destaca-se na área de tratamento de pessoas que são dependentes químicas e que sofrem de comorbidades em decorrência de abuso e uso compulsivo de substâncias psicoativas.

Dentre esses fatos, por ser o estado mais rico do brasil, onde há a taxa de conversão de investimento proporcional a arrecadação é uma das maiores do Brasil, o estado de SP se destaca pelas melhores universidades e faculdades da América Latina. E esses fatores implicam em melhoria na qualidade de vida e principalmente na área da saúde.

Sendo assim, encontrar as melhores clínicas de reabilitação de drogas em SP se torna mais fácil. Contudo, se não fossem as plataformas Ache Aqui Clínicas e Cĺinicas Restituindo Sonhos, nossos leitores não teriam tanta facilidade, já que somos um dos buscadores online de recuperação mais acessados do Brasil.

Em decorrência disso, vamos focar neste artigo amplamente no tratamento da doença do comportamento adictivo, quais são os tipos de tratamentos oferecidos pelas instituições e porque algumas clínicas são melhores que outras em relação a quantidade de atividades implícitas no tratamento.

Como tratar a Dependência Química em Clínicas de Reabilitação

O tratamento da doença do comportamento adictivo aliado ao consumo de substâncias psicoativas, ou simplesmente dependência química, é um meio terapêutico que mesmo em clínicas de recuperação exige um esforço tremendo.

Justamente porque nem sempre as pessoas que dão entrada nestes centros, estão aptas a começar o recurso terapêutico de forma incisiva para sanar o problema. Existem internações involuntárias e compulsórias que fazem com que pessoas sejam institucionalizadas sem sua devida permissão, o que faz com que o tratamento seja prolongado.

Entretanto, o tratamento voluntário, ainda que mais fácil já que ambas as partes estão coniventes com o procedimento de internação, tem seus altos e baixos, já que o indivíduo com a falta da substância em seu organismo tende a ficar confuso e desorientado devido a abstinência do narcótico.

Porém dentro de uma instituição, independente da vontade ou não existem um conjunto de fatores que implicam na reestruturação emocional, mental e física do dependente, sendo estes decisivos para a recuperação. Os mesmos serão listados abaixo

  1. Tratamento médico e psicológico

Toda instituição presta um apoio medicamentoso e psicológico a dependentes químicos. Sendo o medicamentoso na ajuda a sanar sensações desconfortáveis relacionada a abstinência da substância e o psicológico para levar ao usuário a refletir quais sensações que o levam a utilizar a droga.

  1. Responsabilidades

Quando se está em uso, muitas pessoas abandonam famílias, empregos e consequentemente as responsabilidades. Por isso que uma vez institucionalizado o usuário começa a aprender a conviver de maneira sociável e com responsabilidade dentro do meio em que está.

  1. Atividades Físicas

São extremamente importantes. Primeiramente para acelerar o metabolismo e ajudar a eliminar os vestígios de substâncias, ou seja, agilizar a desintoxicação e, em seguida, para que seja estabelecido parâmetros de recuperação saudáveis. Sendo assim, ao sair de uma instituição o indivíduo já está apto a prática de atividades físicas, seja por saúde ou por manutenção da recuperação.

  1. Atividades de Lazer

O lazer é importante. Estabelecer uma rotina e mantê-la cria responsabilidades, entretanto ter um lazer é mais que necessário. As atividades de lazer liberam os mesmos hormônios que a cocaína estimula, como por exemplo serotonina e dopamina, o que fomenta ainda mais a necessidade de praticá-la

  1. Atividades em Grupo

Desenvolver a socialização e atividades que estimulem ouvir antes de falar é importantíssimo para o tratamento. Desta forma, estar em grupo é além de ser uma troca sadia, é dividir conhecimento e vivência, aumentando as chances de recuperação. Além do mais, atividades de terapia ocupacional em grupo instiga diversas partes do cérebro que promovem a recuperação.

  1. Grupo de Apoio

São fundamentais para que, pessoas que compartilham da mesma doença, possam ouvir relatos de outrem para então se recuperarem. Escutar histórias de fracasso e de superação aumenta ainda mais a chance de um grupo se unir na batalha contra a droga adicção.

  1. Reunião de Sentimentos

Muitas pessoas, especialmente os homens devido à uma herança cultural, têm dificuldades de pôr para fora seus sentimentos. Portanto, colocar pra fora seus “demônios” é um meio de sanar a ansiedade e se recuperar

  1. Apoio à Família

As melhores clínicas de reabilitação de drogas em SP fazem um trabalho maravilhoso com a família. Eles acolhem, se reúnem e explicam a importância do tratamento da dependência química, a evolução do tratamento do dependente e o pós processo de institucionalização. Onde este é criado um conjunto de afazeres para que não haja ociosidade.

As TOP’s de São Paulo

As melhores clínicas de reabilitação de drogas em SP estão em nossa plataforma. Não podemos fazer propaganda individual de cada uma delas, já que este artigo não teria fim. Mas garantimos aos nossos visitantes do Ache Aqui Clínicas de Recuperação e Clínicas Restituindo Sonhos que temos a solução perfeita para você.

Temos as melhores instituições com diferentes faixas de custo. A gama é enorme e você pode escolher a melhor que encaixa no seu orçamento. Afinal, só no estado temos as TOP ‘s clínicas de São Paulo e estas, são consideradas as melhores do Brasil.

AcheAqui Clínicas e Tratamento

Para salvar quem sofre da dependência de substâncias psicoativas e para encontrar as melhores clínicas de reabilitação de drogas em SP, nós do Ache Aqui Clínicas auxiliamos pessoas que não sabem por onde começar.

Ajudamos as pessoas a se estruturarem emocionalmente para uma nova jornada, a da recuperação. Conjuntamente, acreditamos que as instituições disponíveis em nossa plataforma não tratam apenas a dependência química, mas sim os familiares que também são atingidos por ela.

Deixe seu comentário